Cowpea

Vigna unguiculata

Cultivado em mais de 11,5 milhões de hectares na África, no Sudeste Asiático, e em alguns países das Américas, o feijão-caupi (Vigna unguiculata) é a terceira leguminosa mais importante do mundo. É amplamente cultivado em regiões semi-áridas, devido a sua capacidade de produzir em ambientes secos e quentes. As sementes de feijão-caupi são altamente nutritivas, graças ao alto conteúdo proteico (c. 25%). Suas folhas são um importante alimento para algumas culturas na África. O feijão-caupi também é usado para a alimentação animal e adubação verde.

O feijão-caupi se originou na África subsaariana e se espalhou para a África Ocidental e Oriental, e depois para a Ásia. Na Ásia, ele evoluiu para uma forma consumida como hortaliça, o feijão-de-metro. A cultura foi introduzida na América junto com o tráfico de escravos, no século XVII.

Genesys contém a informação de mais de 30.000 acessos, 60% dos quais são variedades ou cultivares tradicionais. Os maiores acervos estão guardados no Instituto Internacional de Agricultura Tropical (IITA) e nos bancos de germoplasma do USDA-ARS.

O Instituto Internacional de Agricultura Tropical (IITA) e o Instituto Internacional de Pesquisa Pecuária (ILRI) desenvolveram, em conjunto, variedades de feijão-caupi com dupla finalidade, consumo humano e animal durante a estação seca, as quais tiveram vasta aceitação entre agricultores da África Ocidental.

A estratégia global para a conservação dos recursos genéticos do feijão-caupi compila vinte recomendações para a conservação e o uso efetivos da diversidade da cultura. Dentre elas, estão: encorajar a duplicação de segurança das coleções existentes; promover a pesquisa básica de plantas (e.g. solucionar problemas taxonômicos e caracterizar vírus e doenças em centros de origem); realizar e documentar a caracterização e avaliação do germoplasma existente; e desenvolver ferramentas moleculares para identificar duplicatas nas coleções.

Informações gerais

Tamanho das coleções de bancos de germoplasma

Outros nomes aceitáveis